5 de mai de 2014

A Beleza


A beleza é um valor em si mesmo. É gratuita e sem interesse. 

É como a flor que floresce por florescer pouco importa se a olham ou não, como diz o místico Angelus Silesius. Quem não se deixa fascinar por uma flor que sorri gratuita- mente ao universo? 

Assim devemos viver a beleza no meio de um mundo de in- teresses, trocas e mercadorias. Então ela realiza sua origem sânscrita Bet-El- Za que quer dizer: “o lugar onde Deus brilha”.

Brilha por tudo e nos faz também brilhar pelo belo que se irradia de nós.

Leonardo Boff

2 comentários:

Elisangela Alberta disse...

Muito boa essa reflexão, especialmente no mundo atual onde a beleza é estabelecida por padrões falsos e irreais muitas vezes inatingíveis até mesmo para seus idealizador.

Déborah Gérbera disse...

Bonito demais né? Voltamos a essência! bjs